Galeria Tátil - Olhos da Alma, 2019

Em 2012 fiz a curadoria da exposição Pinturas e Esculturas do Poeta C. Ronald no MASC. A administradora do museu na época, Lygia Roussenq, preocupada com acessibilidade, me perguntou se o artista poderia disponibilizar uma obra para expor de forma tátil, autorizando o toque. Prontamente o artista permitiu, mas naquela noite um pensamento não saia de minha cabeça. Estávamos organizando uma grande exposição, e disponibilizar apenas uma obra para acessibilidade!? Eu não achava justo. No dia seguinte fui ao museu conversar com a administradora e propus eu mesma fazer, a partir dos quadros do poeta, ao menos três obras táteis. A ideia cresceu, o projeto ganhou um espaço e mais artistas, com foco na diversidade incluímos design, poesia, gravura, fotografia, moda, e desenho. Tivemos apoio da ACIC- Associação Catarinense para Integração do Cego, através da educadora Sulísia. A exposição foi pensada em forma de um circuito conduzido por marcadores táteis no chão e na parede. Foi muito importante nesta mostra o trabalho dos profissionais da Arte Educação do MASC dando apoio a todos os visitantes. Várias turmas de alunos da ACIC visitaram a mostra. Foi emocionante ver no final das visitas os semblantes de alegria e satisfação por se sentirem inclusos. Esta exposição deixou bem claro pra mim o quanto os espaços públicos estão atrasados quanto a esta questão de acessibilidade. Temos muito a fazer ainda.

Exposição: Museu de Arte de Santa Catarina - MASC, Florianópolis, SC/ Brasil.

Artistas: C. Ronald, Maurício Muniz, C. Locatelli, Leatrice H. Johnson, Vina Ávila, Philippe arruda, Anderson Rodrigues, Ricardo Barddal, Cruz e Sousa, Hugo Mund.

Curadoria: Juliana Hoffmann.

Apoio curatorial: Lygia Roussenq Neves e Maurício Muniz.

Produção: Juliana Hoffmann.